domingo, 7 de novembro de 2021

Festival de Dança Itacaré começa nesta segunda com estreia de documentário

O documentário Tenho ouvido pra dançar abre as atividades do Festival de Dança Itacaré – Edição IX, nesta segunda-feira (08), a partir das 20 horas. Até o próximo sábado (14), o público poderá acompanhar oficinas, conversas, palestras, performances e danças filmadas. As informações estão disponíveis no site oficial https://festivaldedancaitacare.com.br/ANO-IX/. A abertura da nona edição do Festival de Dança Itacaré, a diretora artística Verusya Correia, junto com a equipe do evento, dará as boas-vindas ao público, artistas e convidados. Após a recepção, será exibido o documentário Tenho ouvido pra dançar, dirigido por Victor Quixabeira e Souza, que registrou o processo de curadoria do evento, um diálogo entre sujeitos sociais, aprendizados ancestrais, experiências religiosas e vínculos comunitários. A artista e professora da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Alessandra Mello Simões Paiva, também é uma das participações confirmadas para a abertura do Festival de Dança Itacaré. Ela trará contribuições a partir de suas pesquisas sobre contra-colonialidade na arte contemporânea. Em seguida, a equipe do documentário e os artistas presentes ficarão disponíveis para bate-papo com a plateia. Todas as ações do Festival de Dança Itacaré são totalmente gratuitas, mas algumas apresentações e atividades terão inscrições limitadas. Por isso, o público interessado deve conferir a programação e garantir sua vaga através de cadastro, em link disponível no site oficial. O projeto Festival de Dança Itacaré – Edição IX tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog