quarta-feira, 6 de outubro de 2021

NÃO BASTA SE ACHAR PRÍNCIPE, TEM QUE SER NARCISISTA

Sapulinho, como já disse antes é o principal personagem do nosso livro. E foi o primeiro a ser desenhado. Por conta da emoção em iniciar os trabalhos não dei conta que o bichinho ficou tão mal feito, literalmente mal desenhado. Redesenhei, mesmo assim ainda não ficou do jeito que eu planejava. Por fim cheguei neste versão mais saltitante, mais alegre, super colorido. Agora sim, ele pode se sentir um príncipe sapo. Uma observação: a história não é sobre um "sapo-príncipe", ele apenas se enxergou como tal diante de um espelho, tem mais haver com "narcisismo, embora com uma gotinha do clássico sapo que vira príncipe.
Marcos Mauricio. Vá no INSTA que eu retorno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog