domingo, 25 de julho de 2021

PCGO indicia administrador por corrupção passiva; ele é suspeito de vender vaga em cemitério de Itumbiara

A Polícia Civil de Goiás, por meio da 2ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Itumbiara, concluiu inquérito policial e indiciou um administrador dos cemitérios de Itumbiara pelo crime de corrupção passiva. O procedimento foi instaurado após o recebimento de denúncias de moradores que reclamavam do mau cheiro no “Cemitério Velho ” e contou, desde o início, com a colaboração da Secretaria da Ação Urbana do Município. Ao iniciar as investigações, a primeira hipótese dava conta de provável crime de violação de sepultura. Contudo, os policiais civis descobriram que o qual o administrador do cemitério cobrou valores de familiares de uma pessoa que havia sido sepultada no “cemitério novo”, para transferir os restos mortais poucos dias depois para uma “nova vaga” no Cemitério Velho, vaga que na verdade não existia e foi criada, apertada, entre outras sepulturas. Segundo as investigações, a transferência de local ocorreu depois da criação de novo jazigo no cemitério antigo. A vaga teria custado aos familiares do falecido R$ 4 mil, montante que foi transferido diretamente para a conta bancária pessoal do funcionário público administrador dos cemitérios. Findas as investigações, o inquérito segue agora para o Poder Judiciário para apreciação, devendo ainda cópia ser remetida à Prefeitura Municipal de Itumbiara para conhecimento e eventuais providências no âmbito administrativo. A Polícia Civil representará ao Poder Judiciário no sentido de que o corpo seja exumado e trasladado ao cemitério em que foi originalmente enterrado, visto que a sepultura atual é irregular e foi obtida por meios ilícitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog