terça-feira, 16 de novembro de 2021

Bruno Crivilin (Geral e E1) e Vinicius Calafati (E2) são campeões do Brasileiro de Enduro 2021


Mairiporã (SP) – A equipe Honda Racing conquistou os títulos nas principais categorias da temporada 2021 do Campeonato Brasileiro de Enduro, finalizado nesta segunda-feira (15/11), em Mairiporã (SP). Bruno Crivilin faturou a classe E1 e Vinicius Calafati levou a melhor na E2. Os dois garantiram também a dobradinha do time vermelho na geral do campeonato, com Crivilin como campeão e Calafati como vice. A rodada final contou com dois dias de provas e um percurso de 55 quilômetros, que tinham três especiais (trechos cronometrados), sendo um Enduro Test, um Extreme Teste e um Cross Teste. A jornada de 2021 de Bruno Crivilin incluiu a participação do capixaba de Aracruz no Campeonato Mundial de Enduro, no qual ele ficou o sexto lugar na categoria E1, melhor posição ocupada por um brasileiro na competição, e finalizou com mais títulos nacionais, com a motocicleta CRF 250RX. “Estou muito feliz em manter o número um para a equipe Honda. Foi um ano bem intenso, já que competi tanto aqui no Brasil quanto no Mundial. É muito bom ter minha família, amigos e muita gente que eu conheço aqui perto nessa última etapa. Agora é pensar na próxima temporada”, declara o atual tetracampeão brasileiro na geral e na E1. Para Vinicius Calafati, a conquista do bicampeonato na E2 e o vice-campeonato na geral foi bastante especial. “A disputa da categoria foi acirrada até o final e consegui coroar mais uma vez com o título da E2. Estou muito feliz. Nesta temporada, o campeonato teve um nível maior de dificuldade e isso é muito importante para elevar o nosso esporte”, comenta o paulista de Guariba que acelera a CRF 450RX. A rodada final do campeonato marcou o retorno de Gabriel Soares, vencedor da prova na classe EJ, também com a CRF 450RX. Ele estava afastado desde o início da temporada devido a uma lesão no ombro. “É muito bom voltar às competições depois de tanto tempo longe. Estava sentindo falta disso tudo e vencer na categoria me motivou muito mais. Quero agradecer a toda a equipe Honda e agora é focar na próxima temporada”, ressalta o mineiro de Divinópolis. Bicampeã latino-americana e tricampeã brasileira de enduro, Bárbara Neves não disputou a prova de Mairiporã na classe EF, exclusiva para mulheres. “Infelizmente tive uma lesão no cotovelo esquerdo no último treino antes da prova e isso me tirou a chance de competir na etapa final. Com isso, fiquei com o vice-campeonato na categoria feminina. São coisas que acontecem no nosso esporte. O foco agora é na recuperação para estar bem para 2022”, destaca a piloto goiana. Durante a temporada, ela disputou algumas etapas com os homens na classe E1, na qual finalizou em sexto lugar. A equipe Honda Racing de Enduro é patrocinada por Pro Honda, ASW, Borilli Racing, Alpinestars, DID e Seguros Honda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog