segunda-feira, 14 de junho de 2021

OPERAÇÃO IN LIMINE DEFLAGRA 4 MANDATOS DE PRISÃO POR CRIMES CONTRA DAER

Na manhã desta segunda-feira (14), a Polícia Civil, por intermédio da 1ª Delegacia de Combate à Corrupção (1ª DECOR), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), desencadeou a Operação In Limine, com o objetivo de reprimir a prática, em tese, dos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, inserção de dados falsos em sistema de informações e violação de sigilo funcional, todos contra o Departamento Autônomo de Estradas e Rodagens (DAER), integrante da administração pública indireta do Estado do Rio Grande do Sul. Na ação, que tem a finalidade de buscar provas relativas aos crimes investigados e impedir que as condutas criminosas continuem sendo praticadas, foram cumpridos quatro mandados de prisão temporária e seis mandados de busca e apreensão. As buscas foram realizadas nas cidades de Porto Alegre e Novo Hamburgo, restando apreendidos celulares e diversos documento. Segundo o delegado de polícia Max Otto Ritter, a repressão a tais delitos é de grande importância, pois tais regras de controle das atividades servem para a proteção da população em geral, especialmente quanto à qualidade dos veículos que realizam o transporte de pessoas e o fretamento. Ademais, a utilização de subterfúgios para facilitação de tais apontamentos junto ao DAER, cria vantagem competitiva aos investigados e aos beneficiados por seus atos, que ilicitamente aumentam seus ganhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog