sábado, 22 de maio de 2021

Polícia Civil recupera em poder de adolescente de 14 anos carro locado em Natal (RN) e apropriado indevidamente

Um veículo da cidade de Natal (RN) que havia sido locado no ano passado e até agora não tinha sido devolvido, foi localizado e recuperado pela Polícia Civil da Paraíba no município de Aguiar. O veículo estava na posse de um adolescente de 14 anos, filho de um presidiário que cumpre pena em Patos. A ação foi realizada pela equipe de investigadores da Delegacia de Picuí, sob a coordenação do delegado Anderson Fontes. Segundo informações do delegado Carlos Seabra, Seccional da Polícia Civil em Itaporanga, os investigadores paraibanos receberam no dia de ontem a informação de que um automóvel modelo Gol havia sido locado em agosto de 2020 na Localiza de Natal-RN e, até então, não havia sido devolvido. “O delegado de Picuí, Anderson Fontes, e sua equipe diligenciaram até confirmarem a informação de que o veículo estaria na cidade de Aguiar-PB. Eles requisitaram o Boletim de Ocorrência da Delegacia de Natal e conseguiram encontrar o veículo que estava na posse de um adolescente de 14 anos de idade”, afirmou Carlos Seabra. O veículo e o adolescente foram apreendidos e encaminhados à delegacia. O adolescente foi liberado mediante termo de responsabilidade e responderá por ato infracional análogo ao crime de receptação. “Foi apurado que o veículo já havia sido vendido pelo locatário original e que o pai do adolescente, que é presidiário, comprou o veículo de um colega de cela na cidade de Patos-PB pelo valor de R$ 37.000,00, sendo que o valor do veículo gira em torno de R$ 55.000,00”, explicou o delegado. Além disso, o documento do veículo está em nome da locadora Localiza, o que também demonstra que os envolvidos sabiam que o automóvel tinha procedência ilícita. “Ainda resta apurar os crimes de apropriação indébita e receptação por parte dos indivíduos que compraram e venderam o veículo e essas investigações devem ser desenvolvidas nas cidades onde os respectivos fatos ocorreram”, concluiu o delegado seccional de Itaporanga, Carlos Seabra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog