segunda-feira, 31 de maio de 2021

Ações de segurança pública e tecnologias aplicadas no CE são temas de Seminário da Supesp

Durante dois dias, especialistas, estudiosos e profissionais da área da segurança pública se reuniram para trocar experiências sobre o segmento na 1ª edição do Seminário de Estratégia e Inovação em Segurança Pública. O evento, que ocorreu de forma virtual, por meio de plataformas digitais, foi promovido pela Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), órgão vinculado à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Temas como “Segurança Pública baseada em Evidência”, “PReVio e Ceará Pacífico” e “Combate a Violência Contra a Mulher” foram explanados e debatidos durante a programação. A abertura do evento, que ocorreu na manhã dessa quinta-feira (27), contou com a participação do gestor da SSPDS, Sandro Caron, da vice-governadora do Estado, Izolda Cela, de convidados da área de segurança pública, além do titular da Supesp, Helano Nogueira. Antes dos inícios do trabalho, um vídeo institucional da Supesp foi apresentado. O superintendente deu partida ao ciclo de palestras com o tema “Segurança Pública Baseada em Evidências”, onde falou sobre a importância do órgão na produção de dados e estatísticas que dão suporte à construção de estratégias voltadas para os trabalhos desenvolvidos pelos profissionais de segurança em todo o Ceará. Sandro Caron, gestor da SSPDS, parabenizou a Supesp pelo evento e trabalhos desenvolvidos dentro do órgão. “Parabenizo em dobro todos os profissionais da Supesp. Primeiro pelo o aniversário de três anos e segundo pelo trabalho brilhante que vem sendo desenvolvido como uma nova forma de fazer segurança pública. É fundamental essa parceria dos nossos profissionais com cientistas, pesquisadores e professores, pois o nosso desafio sempre será o de convencer e mostrar à população a importância do uso de pesquisas e estatísticas para a definição de estratégias no combate à criminalidade”, disse ele. A vice-governadora, Izolda Cela, reiterou as palavras do secretário da SSPDS. “Faço minhas, as palavras do secretário Sandro Caron, no sentido de entender que quanto mais orgânica, fortalecida e demandada pelo serviço, a Supesp se tornará um vetor de força com mais qualidade e inteligência. É primordial sua importância e o papel que tem dentro da segurança pública. Dessa forma, continuará realizando um trabalho direcionado para as ações desenvolvidas em nosso Estado no que diz respeito ao combate aos crimes”, finalizou ela. O primeiro dia de programação contou com a mesa redonda “Novas tecnologias aplicadas na SSPDS”, onde foram debatidas as linhas de pesquisas aplicadas no órgão dentro do projeto Cientista Chefe. A live foi mediada pela perita criminal Manuela Cândido, que é diretora de Pesquisa e Avaliações de Segurança Pública (Dipas) da Supesp. Ela conversou com os cientistas chefes da SSPDS e Casa Civil, os professores doutores Emanuele Marques e José Macedo, além dos professores Dr, Fernando Trinta e Dr. José Paulo Rêgo, da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog