segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Com desemprego recorde, Banco do Brasil demite 5 mil funcionários

247 - Na lista de privatizações do ministro da Economia, Paulo Guedes, o Banco do Brasil anunciou que irá fechar “361 unidades, sendo 112 agências, 7 escritórios e 242 Postos de Atendimento”. Por meio de um comunicado ao mercado assinado pelo vice-Presidente de Gestão Financeira e Relações com Investidores, Carlos José da Costa André, a instituição financeira afirma que disponibilizou planos de “demissão voluntária”, visando o desligamento de 5 mil funcionários. Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, o “plano de reorganização” prevê a otimização de 870 pontos de atendimento por meio do fechamento de agências, postos de atendimento e escritórios e a conversão de 243 agências em postos. Também estão previstas a transformação de oito postos de atendimento em agências, de 145 unidades de negócios em Lojas BB, além da relocalização e 85 unidades de negócios e a criação de 28 unidades de negócios. "A reorganização da rede de atendimento objetiva a sua adequação ao novo perfil e comportamento dos clientes e compreende, além das medidas de otimização de estrutura descritas acima, outros movimentos de revisão e redimensionamento nas diretorias, áreas de apoio e rede, privilegiando a especialização do atendimento e a ampliação da oferta de soluções digitais", diz o comunicado. A expectativa é que a adoção das medidas resultem em uma economia anual estimada em R$ 353 milhões ainda este ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog