segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Seis policiais militares são presos por suspeita de extorsão e sequestro em Salvador



Seis policiais militares foram presos na manhã desta segunda-feira (26), em uma operação de combate a extorsão, em Salvador. Um homem que não é militar também foi detido na ação. Todos os alvos da operação, segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), tiveram mandado de prisão expedidos pela Vara de Auditoria Militar e 13ª Vara Criminal. A SSP-BA detalhou que o grupo é suspeito de praticar extorsão mediante sequestro, cometidos a maior parte das vezes no subúrbio de Salvador. Os seis militares são lotados na 14ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), que fica no bairro do Lobato. A relação entre o homem preso e os militares não foi apontada pela SSP, assim como a patente dos policiais. O grupo foi ouvido na Corregedoria da Polícia Militar durante esta manhã. Uma arma e celulares foram apreendidos na operação, que recebeu o nome de "Batedor".
A secretaria informou, ainda, que um dos alvos dessa operação era o soldado Ítalo de Andrade Pessoa, que foi morto em Camaçari, região metropolitana de Salvador, no mês de setembro. Ele foi assassinado por PMs envolvidos em um esquema de grilagem, que é quando uma pessoa falsifica documentos para tomar posse de terras ilegalmente. A operação teve participação das corregedorias da SSP, da PM-BA e da Polícia Civil, dos departamentos de Polícia do Interior (Depin) e de Inteligência (DIP), da Coordenação de Operações Especiais da Polícia Civil, além do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog