quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Em 10 meses Ancine aprova só um projeto e Ministério Público pede explicação


Em ofício expedido no dia 13 de outubro, o Ministério Público deu um prazo de 15 dias para a Agência Nacional de Cinema (Ancine) explicar por que, em dez meses, aprovou apenas um projeto para receber incentivos do Fundo Setorial do Audiovisual.
O ofício obtido pelo jornal O Globo, assinado pelo procurador Sergio Suiama, pede explicações ao diretor-presidente da agência, Alex Braga, sobre a razão de não terem sido deliberados projetos destinados ao FSA entre agosto de 2019 e maio de 2020.
"Considerando que, no ano de 2018, a média de projetos contratados destinados aos recursos do FSA era de 25 (vinte e cinco) ao mês, valor que se iguala ao montante total dos últimos 14 (catorze) meses, requisito a V.S.a. que especifique as razões para a drástica queda na média em 2019 e 2020", diz o ofício.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog