terça-feira, 6 de outubro de 2020

Cenas fortes: Marcela, 24 anos, foi assassinada quando bebia em loja de conveniência

A jovem Marcela de Cássia Galdino, de 25 anos, foi morta com tiros na cabeça em Mãe do Rio, município do Nordeste Paraense. Um homem entrou na loja onde ela bebia com um outro rapaz e atirou três vezes contra ela, que morreu após ser atingida no rosto.
Segundo informações da Delegacia de Polícia Civil, o crime foi por volta das 1h, quando Marcela estava uma loja de conveniências no Posto Rei das Selvas, às margens da Rodovia-BR-010, bebendo com um outro rapaz. Em certo momento, um homem chegou ao local com um capacete cobrindo seu rosto, segundo relataram as testemunhas. O homem atirou três vezes contra a jovem, atingindo duas vezes o rosto e uma vez o braço de Marcela. Quando a Polícia chegou ao local, ela ainda estava com vida. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) foi acionado, e levou a jovem ao hospital local. Em seguida, Marcela seria encaminhada para ter um atendimento mais complexo em Belém, mas ela não resistiu aos ferimentos e morreu no percurso. O corpo da jovem foi removido pelo Núcleo Avançado de Paragominas do Centro de Perícias Criminas Renato Chaves.
A jovem respondia a um processo por assalto a mão armada (157), após ela e mais cinco homens invadirem uma residência em 2019.
Marcela recebeu o benefício da prisão domiciliar por alegar ser mãe de quatro filhos.Segundo o 19º Batalhão de Polícia Militar (BPM), com sede em Paragominas, Marcela também tinha envolvimento com tráfico de drogas e com uma facção criminosa, e esses fatos podem ligação com sua morte. A Polícia Civil segue investigando o crime


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog