segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Procurado da justiça é preso em ação das Polícias Civil da PB e do RN

Um homem acusado de praticar assaltos e de matar o irmão de um prefeito do Rio Grande do Norte foi preso em João Pessoa na manhã desta sexta-feira (25). A ação foi resultado de trabalho integrado das Polícias Civil da Paraíba e do Estado potiguar.
O homem foi localizado no bairro de Mussumagro, em João Pessoa/PB. A prisão foi feita por equipes do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil da Paraíba e equipes da Delegacia de Combate ao Crime Organizado de Rio Grande do Norte.
Segundo informações do delegado Braz Morroni, do GOE /PB, o homem preso tem 38 anos de idade e é foragido da Justiça. Contra ele a justiça decretou cinco mandados de prisão por crimes de assalto a banco e a ônibus, além de um assassinato.
O preso é apontado pela investigação como autor da morte do irmão do prefeito da cidade de Campo Grande (RN).
"Esse homem é um dos principais criminosos do Estado do RN, acusado de roubos a agências bancárias, tráfico ilícito de entorpecentes e associação ao tráfico e assassinato ao irmão do prefeito", declarou o delegado.
Ainda de acordo com o delegado, o homem ainda é acusado de realizar assaltos a ônibus que fazem viagens interestaduais. Um desses crimes ocorreu na Paraíba. Ele é o principal suspeito de atacar passageiros que faziam viagem interestadual na cidade de Pombal, no interior do Estado.
"O preso é considerado o número três no ranking de criminosos perigosos e procurados pela policial do RN", afirmou o delegado.
"Na última ação criminosa, ele foi responsável por instalar os explosivos na agência bancária da cidade de São Paulo do Potengi (RN), onde subtrairam 1,5 milhão de reais", completou Morroni.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog