sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Motoboy é alvo de ofensas racistas; “Você nunca vai ter nada”, diz agressor

 

O vídeo de um ato de discriminação viralizou na internet nesta sexta-feira (7). As imagens feitas por um morador de um condomínio residencial de alto padrão em Valinhos (a 79 km de São Paulo) mostram um homem branco xingando e humilhando um entregador de aplicativo negro por causa de um atraso na entrega. O caso aconteceu em 31 de julho, mas só repercutiu após a mãe de Matheus Pires, 19, publicar as imagens nas redes sociais na noite desta quinta-feira (6).
Um boletim de ocorrência para investigar o crime de injúria racial foi aberto na delegacia da cidade, e o agressor, o contabilista Mateus Abreu Almeida Prado Couto, até agora não prestou depoimento. A punição prevista para esse tipo de crime é o pagamento de multa ou reclusão de 1 a 6 meses. O episódio aconteceu quando Matheus, que é motoboy a serviço do iFood há pelo menos um ano, entregava uma refeição no condomínio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog