domingo, 19 de julho de 2020

Operação móvel da Oi pode pertencer a Claro, Tim e Vivo após proposta bilionária


Com uma proposta bilionária, avaliada entre R$15 e R$ 20 bilhões, as operadoras Claro, Tim e Vivo estão planejando comprar a operação móvel da Oi para fatiar a empresa por regiões, segundo o Globo. Ainda há uma empresa mineira, Algar, na disputa pela Oi.
Ainda de acordo com a publicação, o interesse da Claro, controlada pela mexicana América Móvil, que também é dona da Net e Embratel, acontece desde o ano passado, e na última semana, o presidente da operadora, Daniel Hajj, afirmou o interesse na tele carioca.
Além disso, a Claro informou que a oferta foi indicada “à apreciação do Grupo Oi, após análise de dados e informações disponibilizadas a respeito do negócio”. De acordo com a Claro, a proposta inclui uma parcela para cada uma das interessadas.
Entretanto, vale ressaltar que a Oi está em processo de recuperação judicial e, em agosto, está prevista uma assembleia geral de credores para aprovar a nova versa do seu plano, que venderia diversos ativos, como a parte móvel. Os bancos e fundos de investimento têm entrado em discussão a respeito do novo plano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog