sábado, 18 de julho de 2020

Criminoso Clebson morto em confronto com a PM nesta quinta-feira em Itabuna era peça-chave do narcotráfico


Nesta sexta-feira (17), a polícia identificou o segundo indivíduo morto em confronto com policiais militares, ocorrido na manhã desta quinta-feira, em Itabuna. (Relembre aqui)
Trata-se de Clébson Silva Santos, 31 anos, natural de Camacan, e ele era suspeito de diversos crimes em Itabuna e região, e considerado pela polícia como indivíduo de alta periculosidade, com vasta ficha criminal.
Clebson integrava a organização criminosa denominada Raio A, e era considerado pela bandidagem como indivíduo amplamente estratégico na operação, já que realizava pessoalmente transporte de drogas e de líderes da facção, para cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Recife, por exemplo.
Além de percorrer essas rotas a serviço do tráfico, Clebson também era acusado de participações diretas em crimes variados, como assaltos à mão armada e tráfico de entorpecentes. Ele também participou de uma explosão à uma agência bancária na capital paulista.
A polícia teve acesso à imagens de Clebson ostentando veículos e armas, e em uma dessas fotos, ele aparece até mesmo com um fuzil, na cidade do Rio de Janeiro. Com a morte de Clebson e Ló, Itabuna tem mais dois criminosos perigosos tirados de circulação. A polícia segue em diligências para encontrar os outros criminosos envolvidos no caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog