quarta-feira, 3 de junho de 2020

Polícia Civil e Procon vistoriam preços em mais uma farmácia da Capital

Mais uma farmácia da Capital foi alvo de fiscalização da Polícia Civil e Procon, na manhã desta quarta-feira (03.06), na operação de combate a preços abusivos durante a pandemia do coronavírus.
A operação realizada por policiais da Equipe Especial e da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) e fiscais do Procon Estdual tinha o intuito de verificar os preços de produtos mais comercializados no período de pandemia como álcool em gel e máscara facial.
No estabelecimento comercial, localizado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, foi solicitado a relação de compra dos produtos e notas fiscais dos materiais, nos últimos 30 dias, e analisados os preços das gôndolas para comparação.
Durante os trabalhos também foram passadas orientações de que o aumento abusivo de preços pode configurar crime, além de outras condutas considerados criminosas durante esse período.A ação integrada realizada semanalmente visa fiscalizar e orientar estabelecimentos comerciais sobre o Código de Defesa do Consumidor, além de coibir práticas criminosas, como aumento ou elevação de preço, sem justificativa, de produtos e serviços oferecidos ao cidadão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog