sábado, 27 de junho de 2020

CBF analisa cidades para receber Copa do Nordeste


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deve decidir na próxima semana a sede da Copa do Nordeste. Salvador se tornou o favorito para sediar a competição.
O objetivo é começar o jogo a partir do final de julho. Salvador só se inviabilizaria se o atual decreto que proíbe partidas de futebol no estado seja prorrogado pelo governador Rui Costa. A medida expira no dia 6 de julho.
Durante esta semana, a CBF recebeu muita documentação sobre a estrutura atual da Arena Fonte Nova, Barradão e Pituaçu. A entidade também analisou Arena Cajueiro e Joia da Princesa, em Feira de Santana, a “Princesinha do Sertão”, como é conhecida Feira, também poderá receber partidas e sediar até um confronto das quartas de final.
O material satisfez os líderes da organização. Fortaleza e Recife também passaram pela análise. O primeiro projeto foi avaliado positivamente e era superior a capital pernambucana nos critérios avaliados.
A entidade que controla o futebol nacional analisa vários aspectos, como aéreo, redes viárias, camas de hotéis, praças esportivas e estruturas urbanas próximas de cada capital. Os casos de coronavírus em cada local também estiveram em pauta.
Devido à pandemia de pandemia, a Copa do Nordeste foi suspensa em março. A Federação Brasileira de Futebol (CBF) realizou inspeções em três capitais nesta semana, bem como em municípios próximos. O objetivo foi verificar a estrutura desses locais para definir a sede da Copa do Nordeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog