segunda-feira, 27 de abril de 2020

Ações da Embraer caem mais de 10% após cancelamento de acordo com Boeing



Por Luciana Freire  - O cancelamento do acordo entre as empresas aéreas Boeing e Embraer fez com que as ações da brasileira iniciem a semana em recessão. Os papéis da Embraer são negociados com queda de 11,47% na Bolsa de SP, a R$ 7,33. No início do pregão hoje (27), por volta das 10h, o recuo chegou a 14%, levando à suspensão por cinco minutos dos papéis.
Somente neste ano, as ações da aérea brasileira acumulam desvalorização de 58%.
A americana alegou, no sábado (25), que que a Embraer não atendeu a todas as condições exigidas e que, por isso, estava “exercendo seu direito de rescindir o contrato”.
Horas mais tarde, a empresa brasileira afirmou que a atitude da Boeing foi indevida e que a americana fabricou falsas alegações como pretexto para não fechar a transação e pagar os US$ 4,2 bilhões prometidos à Embraer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog