quarta-feira, 25 de março de 2020

TECO-TECO FAZ POUSO FORÇADO EM AERÓDROMO DE ITABUNA


O piloto de uma aeronave Embraer, modelo Ipanema, de prefixo PT-VVR, de utilização agrícola precisou fazer um pouso de emergência, no aeródromo de Itabuna, localizado no Bairro Lomanto (que no momento encontra-se desativado), na manhã desta quarta-feira (26), após o avião apresentar falta de combustível e precisar pousar rapidamente na pista local.
Após o incidente, agentes da Diretoria de Trânsito da Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito – Sesttran e Guarda Civil Municipal de Itabuna realizaram a abordagem e fiscalização prévia do piloto do monomotor. Conforme checagem dos agentes de fiscalização do órgão, o monomotor decolou da cidade de Medeiros Neto, localizada no Extremo Sul baiano e tinha como destino o Estado de Alagoas, mas fez o pouso forçado, devido à falta de combustível. De acordo com secretário Valci Serpa, titular da Sesttran, o avião foi vistoriado de forma preventiva.
“Vistoriamos toda a aeronave, bem como o interior do veículo que estava em solo, aguardando para realizar o seu abastecimento. Além de buscar a preservação da segurança do piloto e de toda a equipe, quero dizer que todos os envolvidos na operação estavam com seus Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), pois não podemos arriscar, uma vez que a Covid-19 está por aí.” concluiu o secretário. “Agentes da Sesttran foram deslocados até o local.
A aeronave não sofreu nenhum dano material e o piloto não se feriu”, relatou o comandante da Guarda Civil Municipal de Itabuna, Ricardo Delmondes. O piloto natural do Rio Grande do Sul, apresentou toda a documentação solicitada e foi liberado, seguindo viagem para Alagoas. Cópias da sua documentação pessoal e da aeronave foram enviadas para o Controle de Tráfego Aéreo, do Aeroporto da Cidade Ilhéus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog