sábado, 29 de fevereiro de 2020

Justiça proíbe Suzane von Richthofen de cursar faculdade


A Justiça negou o pedido de Suzane von Richthofen para frequentar as aulas do curso de Gestão do Turismo, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) em Campos do Jordão (SP).
A juíza Wânia Regina Gonçalves da Cunha considera que os condenados em regime semi-aberto só podem frequentar cursos profissionalizantes ou superiores se os educadores estiverem na mesma comarca do presídio. Atualmente, Suzane cumpre pena na penitenciária de Tremembé, também em São Paulo, ligada à comarca de Taubaté.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog