domingo, 9 de fevereiro de 2020

Diretor do Museu de Artes da Bahia é exonerado


O diretor do Museu de Artes da Bahia (MAB), Pedro Arcanjo da Silva, foi exonerado do cargo pelo diretor do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), João Carlos Cruz de Oliveira. A decisão foi publicada ontem (8), no Diário Oficial do Estado. O Ipac também exonerou a coordenadora técnica Ana Silvia Ribeiro Liberato de Mattos, que atuava no gabinete de João Carlos.
Arcanjo é sociólogo, fotógrafo e mestre em Artes Visuais pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e assumiu o MAB, no Corredor da Vitória, no lugar da museóloga Sylvia Athayde, que dirigiu o museu por 24 anos.
Além do MAB, o Ipac coordena em Salvador o Museu de Arte Moderna (MAM), o Palacete das Artes e as diretorias de Museus (Dimus), de Projetos, Obras e Restauro (Dipro) e de Preservação do Patrimônio Cultural (Dipat).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog