sábado, 14 de dezembro de 2019

Sem acordo, Vanderlei Luxemburgo deixa o Vasco após 8 meses



Luxemburgo é garoto-propaganda de programa de sócios Foto: MARCELO THEOBALD / Agência O Globo
O Globo - O técnico Vanderlei Luxemburgo anunciou que não fica no Vasco em 2020. A confirmação foi dada nesta sexta-feira pelo treinador em suas redes sociais.
A decisão de não renovar o contrato é pela falta de acordo em relação aos salários, apesar de Luxemburgo negar que o fator financeiro tenha sido o principal.
- Sei das dificuldades financeiras do Vasco e fiz uma proposta dentro da realidade que eu entendo não afetar o lado financeiro clube, porém pelo trabalho realizado esse ano, que para um clube do tamanho do Vasco da Gama foi pouco, sou ambicioso e me permito pensar grande, tenho objetivo de buscar sempre conquistas e títulos, o que me faz pensar no todo, por isso preferi deixar o presidente a vontade - publicou Luxemburgo.
Técnico e sua comissão consideraram a proposta do Vasco muito baixa, já que cumpriram o projeto de livrar o time do rebaixamento. O GLOBO apurou que, à mesa de negociações, a ideia era buscar que os vencimentos atingissem quase o dobro, saltando de R$ 290 mil para cerca de R$ 600 mil.
Até esta sexta, o presidente do Vasco, Alexandre Campello, ainda mantinha esperança de entrar num acordo com o treinador. O que não se concretizou.
A mensagem de Luxemburgo
Após oito meses e com enorme sentimento de gratidão e respeito, quero agradecer ao CR Vasco da Gama e sua torcida, sei que construímos uma relação calcada em confiança e respeito mútuo.
Cada dificuldade nos fortaleceu, mas os gestos de carinho do torcedor para comigo só me fez perceber o quanto o futebol ainda está vivo dentro de todos nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog