quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

POLÍCIA CIVIL DO MARANHÃO PRENDE, EM SÃO LUÍS, FALSO PADRE QUE APLICAVA GOLPES NA CAPITAL E EM TODO ESTADO


A Polícia Civil do Maranhão, por meio do Departamento de Combate à Crimes Tecnológicos (DCCT/SEIC) deu cumprimento na manhã de hoje (17), a um Mandado de Prisão Preventiva expedido pela Juiz de Direito Dr. Flavio Soares, da Central de Inquéritos e Custódia desta capital, em desfavor de Adeildo Lima Dos Santos, vulgo “LIMA”.
Após intensa atividade investigativa a Polícia Civil conseguiu localizar e capturar Adeildo Lima dos Santos, acusado de crime de estelionato, previsto no artigo 171 Código Penal. Crime que se dava quando “LIOMA” se passava por Padre de uma respeitada e tradicional Igreja Católica desta cidade. O falso padre agia pedindo doações em seu nome e em nome da Igreja. Dentre as vítimas encontram-se pessoas de vários setores sociais da população ludovicense.
Adeildo pedia valores em espécie ou transferências bancarias alegando que era para uma futura reforma nas instalações da Igreja. Segundo a investigação, ele já tem várias passagens em delegacias maranhenses e, em depoimento, afirmou que faz isso há vários anos, e que nos últimos três meses acredita ter faturado algo em torno de R$10 mil com esta prática delituosa.
As investigações contra Adeildo Lima dos Santos, continuam a fim de identificar e localizar possíveis compassas, visto que algumas das contas bancárias que receberam os valores não eram de sua propriedade.
Hoje, após os procedimentos de praxe, foi encaminhado ao complexo penitenciário de pedrinhas onde ficará à disposição da justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog