segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Representantes do canil da Core realizam palestra na PM da Bahia

A visita teve como objetivo passar o conhecimento sobre a importância do trabalho com cães na polícia
Na última quarta-feira, 13, representantes da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) visitaram a sede da 51ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), no estado da Bahia. O objetivo da visita foi de passar o conhecimento sobre a importância que o cão de trabalho tem nas atividades típicas das polícias.
A convite do major Alexandre Messias, comandante da 51ª CIPM/BA, estiveram presentes na visita a médica veterinária Laís Costa, agente da Polícia Civil e coordenadora do canil da Core, e o cabo Silfarney Tadeu, responsável técnico pelo treinamento e adestramento dos cães. Com o intuito de mostrar que o cão, se bem treinado, é uma ferramenta de extrema importância no trabalho policial, foi falado como o trabalho é realizado no canil e como funciona a rotina de treinos.
Para Laís Costa, esse tipo de visita é importante para disseminar a cinotecnia — estudo da anatomia, comportamento, psicologia e outras especificidades relacionadas aos cães. “Nós, do Canil da Core, estamos iniciando um trabalho profissional e totalmente técnico. Dessa forma, pretendemos disseminar a cinotecnia na polícia, tanto aqui em Sergipe quanto em outros estados. Essas visitas expandem o conhecimento para os colegas, fazendo com que desperte o interesse em trabalhar na área. Não adianta ter o conhecimento se ele não for passado adiante”, afirmou Laís.
Os integrantes da 51ª CIPM/BA demonstraram entusiasmo e interesse em aprender mais sobre o assunto e visam implementar, no futuro, um canil na unidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog