sábado, 26 de outubro de 2019

Primeira colheita do Projeto Hortas Pedagógicas em São Luís semeia lições e futuro promissor

Passado um mês desde a implantação do Projeto Hortas Pedagógicas em duas escolas públicas da capital maranhense, chegou a hora de colher os primeiros frutos da iniciativa. Crianças, professores e pais, gestores das escolas e autoridades públicas fizeram, no dia 25 de setembro, a colheita simbólica de verduras, legumes e frutas. O evento ocorreu na UEB Jackson Lago, na cidade Operária, e também na UEB Augusto Mochel, no Maracanã.
Hortas Pedagógicas - é uma política para a segurança alimentar e nutricional, por meio da educação e ferramenta de aprendizagem para estudantes do 1º ao 9º do Ensino Fundamental. A etapa piloto foi implantada no Maranhão pela Embrapa Cocais e parceiros municipais e estaduais. Coordenado pela Embrapa Hortaliças, o projeto é fruto de uma parceria nacional entre Embrapa e o antigo Ministério do Desenvolvimento Social – MDS, atual Ministério da Cidadania, com apoio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE. No estado do Maranhão, são responsáveis pela execução do projeto a Embrapa Cocais, secretarias municipais da Prefeitura de São Luís, como a Secretaria Municipal de Educação – Semed, por meio do Núcleo de Educação Ambiental – NEA, a Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento – Semapa e a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão – Agerp, vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura Familiar – SAF, Secretaria Municipal de Segurança Alimentar – Semsa, Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento de São Luís - Seplan e outras secretarias municipais associadas.
Para ler a matéria na íntegra e conferir os depoimentos, acesse aqui.
Leia, também, matéria sobre a implantação do Hortas Pedagógicas aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog