sábado, 19 de outubro de 2019

Gandu: Mulher condenada por provocar acidente que deixou três mortos é presa


Uma mulher de 50 anos foi presa na tarde desta sexta-feira (18), acusada de provocar um acidente que resultou na morte de três pessoas, na cidade de Gandu. Ela foi condenada no ano passado e fugiu da polícia quando o juiz redigia a sentença de 77 anos de prisão. A ex-servidora pública estadual, Anete Bispo dos Santos é acusada de por ter provocado, de forma intencional, o acidente de trânsito que matou três pessoas e feriu outras quatro, em 2001. Entre as vítimas estavam uma adolescente de 13 anos e uma criança de três. Segundo a polícia, Anete Bispo perseguiu em alta velocidade e fechou bruscamente o carro, após discussão com as vítimas. A mulher respondia em liberdade até o dia da condenação, quando fugiu.
A mulher foi presa dentro de uma pousada, ao lado do Terminal Rodoviário de Gandu, por equipes da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Valença) e a 60ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Gandu), com apoio da Polícia Federal após denúncias anônimas. Anete estava escondida entre a laje e o forro que cobre o terceiro pavimento do estabelecimento, por onde dá acesso aos quartos dos familiares. Ela declarou que retornou para Gandu há três dias e estava em vias de se entregar à justiça, mas acabou sendo presa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog