segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Suspeita de envolvimento em homicídio é presa por equipes do DHPP no bairro Padre Andrade



Duas prisões foram realizadas na madrugada desta sexta-feira (20), por policiais do platão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), no bairro Padre Andrade – Área Integrada de Segurança 6 (AIS 6). Entre as pessoas capturadas está uma mulher identificada como Camila Branco Dutra (18), com passagens pela Polícia quando adolescente, por furto. Ela é suspeita de envolvimento em um homicídio ocorrido na noite dessa quinta-feira (19), no Presidente Kennedy – também na AIS 6. O segundo preso, Nicollas Roberland Magalhães Costa (18), já apreendido enquanto menor por porte ilegal de arma de fogo e com antecedentes criminais por roubo, é apontado como envolvido em ações criminosas na região.
As prisões aconteceram durante diligências realizadas por policiais da 6ª Delegacia do DHPP, iniciadas com o objetivo de elucidar o crime de morte que vitimou o adolescente João Pedro Calixto Santos (16) – com passagens pela Polícia por ameaça e suspeito de envolvimento em ações criminosas -, ocorrido na noite de ontem, no Presidente Kenney. A equipe da especializada esteve no local do homicídio, onde apurou informações relacionadas a possível autoria da ação criminosa e a partir do que foi colhido começou as buscas e seguiu até um imóvel situado no bairro Padre Andrade. Na casa, os policiais encontraram Camila e Nicollas e apreenderam dois aparelhos celulares que estavam com eles.
Investigações apontaram que Camila manteve conversas frequentes com João Pedro Calixto durante os últimos dias e que ela seria a responsável por atraí-lo até a Rua Antônio Lafayete, local onde foi morto a tiros por dois indivíduos. Ela e Nicollas também são suspeitos de envolvimento em ações criminosas no Padre Andrade e em outras regiões adjacentes. O casal foi levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde a mulher foi autuada em flagrante por homicídio e associação criminosa. Já o homem foi autuado por associação criminosa. Equipes da 6ª Delegacia do DHPP continuam com as investigações, agora com o objetivo de capturar os responsáveis pelos disparos contra a vítima.

O crime

Na noite dessa quinta-feira, João Pedro estava no banco do passageiro de um veículo que estava parado em um trecho da Rua Antônio Lafayete, quando dois homens se aproximaram do carro em uma moto. O garupeiro sacou uma arma e efetuou disparos contra João Pedro e após o crime os infratores fugiram. A vítima ainda foi socorrida e levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog