sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Dilma Rousseff diz que Bolsonaro é "vergonha planetária"


Em entrevista à imprensa espanhola, a ex-presidenta Dilma Rousseff considerou uma “vergonha planetária” o discurso de Jair Bolsonaro na ONU. Para ela, Bolsonaro “prejudica a imagem do Brasil em todo o mundo”. Para ela, o governo Bolsonaro é “neofascista” com repercussão na blogosfera.
A ex-presidenta, que cumpre agenda na Espanha, disse que a Amazônia é um patrimônio do Brasil e também da humanidade, diferente do que Bolsonaro declarou em Nova York.
“Parece-me que está destruindo não só a Amazônia, mas também a soberania do Brasil. O país tem uma área de preservação em um entorno que é 11 vezes o tamanho da Espanha. Tudo isso está sendo ameaçado”, afirmou ela ao El País.
Disse também que o processo já havia começado com o governo de Michel temer, “mas meio que às escondidas, pelas beiradas”.
“Bolsonaro não. Bolsonaro assumiu atitudes muito graves: por exemplo, fechou o Conselho Nacional do Meio ambiente (Conama). É uma política deliberada. Bolsonaro deixou explícito seu objetivo de exploração mineradora da zona. A Amazônia é uma epifania”, explicou.
Da redação com agências

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog