domingo, 29 de setembro de 2019

A Orquestra de Câmara (Ocam) da USP, que nesta sexta-feira faz concerto com a Orquestra Mundana Refugi – Foto Marcelo Macauê

Acontece nesta sexta-feira, dia 27, o concerto da Orquestra de Câmara (Ocam) da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP em conjunto com a Orquestra Mundana Refugi, da qual fazem parte imigrantes e refugiados de várias partes do mundo, assim como brasileiros. Os músicos da Mundana Refugi têm origem em países como Palestina, Irã, Guiné e Congo, e cada um traz uma parte de sua cultura para o grupo.
Sob a regência do maestro Gil Jardim, a Ocam traz obras de Villa-Lobos e Guerra Peixe, enquanto a Orquestra Mundana Refugi apresenta repertório com músicas de artistas como o congolês Lokua Kanza e o tunisiano Raouf Jemni. Essas peças contam ainda com instrumentos tradicionais, como o kanun, utilizado nas composições de Jemni. As duas orquestras apresentam juntas, ainda, composições de Carlinhos Antunes, diretor artístico da Mundana Refugi, como Africanita, de Chico Buarque de Holanda e do Coletivo Refugi.
O concerto acontece às 21 horas no Auditório Ibirapuera Oscar Niemeyer (Avenida Pedro Álvares Cabral, sem número, portão 2, Parque Ibirapuera, em São Paulo). Os ingressos podem ser adquirido por este site.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog