quinta-feira, 4 de abril de 2019

Bancos são os que mais lucram e mais demitem

Como acontece há anos, o setor bancário é o que mais lucra e um dos que mais demite. Em 2018, o balanço bateu na casa dos R$ 74,6 bilhões, crescimento de 19% ante 2017 quando o resultado chegou a R$ 62,7 bilhões. Os dados são da Economática.
Com lucro de R$ 12,16 bilhões, o Santander registrou o maior percentual de crescimento de um ano para o outro entre os quatro bancos de capital aberto por ativos, alta de 52,1%. Depois aparece o Bradesco (30,2%), seguido por BB (16,85%). O Itaú registrou a menor alta (4,2%), mas detém o maior lucro da história do setor, R$ 24,97 bilhões no período.
Também em 2018, os bancos fecharam 2.929 postos de trabalho, contribuindo para a grande massa de desempregados no país. Os cortes prejudicam a economia nacional, que ainda patina e está longe de melhorar.
Não é só isso. Bancários ficam mais expostos à doenças ocupacionais, decorrente do estresse, e os clientes têm o atendimento comprometido. Para se ter ideia, no ano passado, um empregado era responsável por 847 clientes, em média.
Fonte: SBBA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog