sexta-feira, 22 de março de 2019

Trio envolvido em furto contra estabelecimento comercial é preso e valores em espécie são recuperados



Três suspeitos envolvidos em um furto ocorrido contra um estabelecimento comercial, na cidade de Maracanaú, na Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12), foram presos após uma ação das Polícias Civil e Militar. Parte do dinheiro subtraído na ação criminosa foi recuperada e as investigações seguem em andamento visando recuperar os demais bens furtados. Câmeras de segurança, que captaram o momento do crime, auxiliaram na identificação do trio. Já os mandados de prisão temporária contra os criminosos foram representados após diligências do 14° Distrito Policia (DP).
O fato chegou ao conhecimento da Polícia no dia 6 de março, após o proprietário do estabelecimento chegar ao local e perceber que o prédio estava violado. De posse das informações, no dia seguinte, uma equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE) recebeu informações acerca da localização de um dos indivíduos, identificado por Francisco Aurélio de Brito Pinheiro (18) – sem antecedentes criminais. A equipe foi até a residência do investigado, no bairro Pajuçara, ainda em Maracanaú.
Mais de R$ 13 mil foram recuperados na ação. Dois veículos que estavam no local também foram apreendidos e levados até a Delegacia Metropolitana de Maracanaú, onde o procedimento foi registrado. Francisco Aurélio foi ouvido e liberado, em razão de não haver indícios suficiente para o flagrante, mas ele continuou sob investigação.


Depois disso, as apurações foram transferidas para o 14° DP (Conjunto Industrial), unidade responsável pela circunscrição onde ocorreu o fato, que deu continuidade aos trabalhos policiais. De posse dos mandados de prisão, a equipe da delegacia distrital prendeu Francisco em sua residência, além dos outros dois comparsas, identificados por Antônio David Rodrigues Severian (21) – com antecedentes criminais por roubo e crime de trânsito; e José Wellington Moreira Rodrigues (24) – sem antecedentes criminais. Todos foram ouvidos no Inquérito Policial por furto qualificado e agora se encontram à disposição da Justiça. A Polícia Civil segue com as diligências visando localizar os demais valores subtraídos na ação criminosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog