quarta-feira, 13 de março de 2019

Suspeito de matar militar durante assalto é assassinado em Salvador


Um homem identificado como Matheus Atta Magalhães, de 21 anos, foi morto a tiros durante a madrugada desta quarta-feira (13/3) no bairro de Brotas, em Salvador. A autoria e a motivação do crime ainda são desconhecidas.
De acordo com as informações preliminares, agentes da 26ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Brotas) foram acionados por volta das 2h da madrugada e encontraram o corpo da vítima na rua Paulo Afonso, com perfurações de arma de fogo pelo corpo. Os policiais disseram que, no local, isolaram a área até a chegada do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que vai investigar o crime.
Matheus chegou a ser preso por participar da morte do policial militar Jorge Januário da Silva Filho em setembro de 2016, na Boca do Rio. A SSP disse que ele foi um dos quatro homens faziam um “arrastão” naquela oportunidade. O autor do disparo contra o agente, Rafael de Jesus dos Santos, está foragido desde janeiro, quando fugiu do Complexo Penitenciário da Mata Escura. Ele, Matheus, Igor da Silva Santos e Maurício Gomes dos Santos foram indiciados pelo crime e presos no bairro do Engenho Velho da Federação em dezembro de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog