quarta-feira, 13 de março de 2019

COE Bradesco debate a ampliação do PDE

Reivindicação antiga dos funcionários, a COE Bradesco (Comissão de Organização dos Empregados) esteve reunida com a direção do banco para a apresentação sobre o PDE (Prêmio de Desenvolvimento Extraordinário). O objetivo da comissão é estender o benefício a todos os bancários do banco.
Por muito tempo os trabalhadores do Bradesco esperavam uma remuneração variável, já que o banco paga o menor valor de PLR aos funcionários.
Inclusive, o Sindicato tomou conhecimento que gerentes da cidade estariam associando a venda dos produtos bancários à diminuição da PLR. Ou seja, caso o bancários não venda o suficiente, haverá diminuição da PLR, ou, até mesmo, não haverá tal recebimento. Um equívoco, já que a PLR está garantida através da assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho para todos os bancos. O que varia, neste caso, é o valor do lucro total de cada instituição financeira e, consequentemente, o repasse para os respectivos bancários.
Entenda...
Atualmente, o PDE é destinado somente à área comercial, sendo que os departamentos, caixas, escriturários e assistentes e gerentes regionais não têm direito ao beneficio. O Bradesco informou que o regulamento do Prêmio ainda não está concluído, tendo previsão até o final de março para sua versão final.
O recolhimento previdenciário também foi abordado. Desde agosto de 2018 não consta no extrato da Previdência o recolhimento. De acordo com o banco, o repasse é feito normalmente, porém o problema está no E-social.
O Bradesco ainda argumentou que está buscando uma solução junto à Previdência, e que daria um retorno o mais rápido possível. É direito do funcionário consultar o demonstrativo da contribuição do INSS, podendo solicitar diretamente no RH.(SBBA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog