terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Dupla foragida da Justiça por homicídios é presa pela Polícia Militar em Ocara



Dois homens, ambos foragidos da Justiça, foram capturados, nesse domingo (17), após uma denúncia repassada à Polícia Militar do Ceará (PMCE), na Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15). Os suspeitos foram capturados na cidade de Ocara, em posse de uma metralhadora artesanal. Ainda na ação, os policiais apreenderam outras duas armas de fogo, munições, entorpecentes e dinheiro no local. O flagrante foi realizado na Delegacia Regional de Baturité.

Após receberem as informações sobre a localização de dois suspeitos de integrarem uma organização criminosa, na zona rural do município, as equipes diligenciaram até a região onde visualizaram dois homens com as mesmas características apontadas na denúncia. Na abordagem, nenhum dos indivíduos portava documentos, sendo necessária uma diligência até a casa dos infratores.
A dupla, conhecida por “Cabeludo” e “Lourim”, se tratava de Alexandre Evangelista da Silva Soares (27) – que estava com mandado de prisão em aberto por homicídio e tráfico de drogas; e Wesley Lopes de Oliveira (23) – foragido da Justiça também por homicídio, respectivamente. Dentro da residência, a equipe localizou sacos plásticos picotados no chão, o que chamou atenção da equipe em razão dos indícios da venda de ilícitos no endereço. Durante as buscas no imóvel, os suspeitos apontaram, na parte externa, o terreno onde havia um revólver calibre 38 e alguns cartuchos calibre 12 enterrados.
Ainda após revista, a Polícia Militar apreendeu uma espingarda calibre 12, uma metralhadora calibre 380, quase 30 munições de calibres variados, uma faca, além de entorpecentes – 20 trouxinhas de maconha, 19 pedras de crack, um papelote de cocaína e valores em espécie. Diante das apreensões, a dupla foi conduzida para a Delegacia Regional de Baturité, onde foi autuada em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Agora, “Cabeludo” e “Lourim” se encontram à disposição da Justiça.
FONTE: SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog