quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Educadores discutem novas formas de unir arte e educação



Educadores com atuação em diversas áreas vão participar de encontro nesta quinta-feira, às 19 horas, na Casa Amarela da Vila Romana, em São Paulo – Foto: Prefeitura de Belo Horizonte
.
Nesta quinta feira, 25, às 19 horas, educadores com atuação em diversas áreas vão se reunir na Casa Amarela da Vila Romana, em São Paulo, para discutir políticas culturais. O objetivo do encontro Processos Educativos: Zonas de Contato entre Espaços de Arte, Cultura e Educação é trocar experiências educativas que, com o uso da arte, fortaleçam e ampliem ações políticas no setor da cultura e da educação. A entrada é grátis.
Entre os participantes estarão o arquiteto Baixo Ribeiro, formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP, fundador do Instituto Choque Cultural, que promove ações educativas em parceria com instituições públicas e privadas, e a historiadora Helena Freire Weffort, formada pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, neta do educador Paulo Freire, consultora do projeto educativo da 33ª Bienal Internacional de São Paulo. Outros participantes são a arte-educadora Diana Tubenchlak, a artista e educadora Fernanda Zardo e o educador Fillipe Dotte.
“Cada um, ao seu modo, contribui para a expansão de experimentações, exploração de lugares e criação de ambientes de proximidades nas áreas da educação e da arte”, afirma a artista Janice de Piero, proprietária da Casa Amarela da Vila Romana e organizadora do encontro. “Em suas iniciativas individuais e coletivas, eles propõem renovadas políticas de atuação no campo da arte.”
O encontro Processos Educativos: Zonas de Contato entre Espaços de Arte, Cultura e Educação acontece nesta quinta-feira, dia 25, às 19 horas, na Casa Amarela da Vila Romana (Rua Camilo, 955, Vila Romana, em São Paulo). Entrada grátis.
IDGNOW.COM.BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog