segunda-feira, 4 de junho de 2018

Polícia Civil investiga as causas de um incêndio que resultou nas mortes de três crianças em Itaitinga

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Metropolitana de Itaitinga, investiga as causas de um incêndio a residência que culminou nas mortes de três crianças de 2, 5 e 6 anos, na madrugada desta segunda-feira (4), no município de Itaitinga, Área Integrada de Segurança 13 (AIS 13). Os pais das vítimas e um parente compareceram à delegacia para prestar esclarecimentos acerca do fato. Ainda na madrugada de hoje, equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) foram acionadas para combater as chamas do imóvel, situado na rua Sete, bairro Barrocão.
Um inquérito policial foi instaurado na manhã de hoje para apurar as circunstâncias do incêndio visando descobrir o que causou o sinistro. O trabalho de investigação será realizado a partir dos vestígios encontrados no local de crime, além de depoimentos de testemunhas e dos pais das crianças. Em depoimento, os pais das vítimas relataram que estavam na casa de uma vizinha quando as crianças adormeceram no local. Eles foram deixar as crianças em casa e retornaram para o imóvel da vizinha, conforme depoimento, para recolher os pertences das crianças. Um parente estava dormindo em um cômodo na casa que incendiou, mas só acordou com a chegada dos vizinhos. Momento depois, os vizinhos começaram a gritar e a chamar os pais na tentativa de salvar as crianças, mas o fogo já tinha consumido o cômodo.

De acordo com os bombeiros que atenderam à ocorrência, o incêndio teve início em um quarto onde as três crianças dormiam e se alastrou-se rapidamente. Os vizinhos contaram aos bombeiros que quando perceberam o fogo, já não havia mais tempo de retirá-las. O CBMCE enviou um caminhão de combate a incêndio, uma viatura de Salvamento e uma de Resgate. O fogo foi extinto totalmente nas primeiras horas da manhã. As vítimas foram localizadas sob os escombros, e os corpos foram retirados do local pelos bombeiros militares.

Equipes da Coordenadoria de Perícia Criminal (Copec), por meio dos núcleos de Perícia Externa (Nupex) e de Perícia em Engenharia Legal e Meio Ambiente (NPELM), da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), estiveram no local do sinistro e realizaram a coleta de vestígios a fim de identificar as possíveis causas do fato. O laudo com as causas da morte e do incêndio serão encaminhados para a delegacia responsável pelas investigações.

A Pefoce fará as identificações dos corpos das crianças por meio de exame de DNA, realizado pelo Núcleo de DNA Forense da Coordenadoria de Análises Laboratoriais Forenses (Calf). As amostras biológicas das vítimas já foram coletadas. Após a conclusão dos exames, os corpos serão liberados por meio da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog