sexta-feira, 18 de maio de 2018

Márcia Short encerra Festa Literária de Ilhéus


Com o intuito de proporcionar um diálogo entre a palavra e a música, o projeto O Violão e a Palavra oferece uma oportunidade de artistas consagrados na Bahia compartilharem das influências literárias que os inspiram a compor e a cantar.
A cantora Márcia Short e o escritor Saulo Dourado serão os convidados da próxima edição do projeto, que será realizado na Festa Literária de Ilhéus, na sexta-feira (18), às 19h, no Teatro Municipal.
A ação reúne pessoas que gostam de um papo divertido e animado e que se interessem pela relação da palavra com a música. Quem for, encontrará uma programação de arte e cultura para os amantes de literatura, leitura e música, além de ser ao mesmo tempo debate e aula-show.
O Violão e a Palavra é um projeto desenvolvido pela Fundação Pedro Calmon/SecultBA, que de acordo com o diretor geral da Fundação, Zulu Araújo, “a música é uma ferramenta importantíssima para a cultura brasileira e o violão simboliza isso. Juntar a música com a palavra dá uma beleza riquíssima que é a musicalidade brasileira”, afirma o diretor geral. Ainda segundo ele, “o projeto visa fazer com que nossa juventude e a sociedade entendam a importância de ler bem, para escrever bem e consequentemente pensar bem”, acrescenta.
A Festa Literária acontece de 15 a 18 de maio com pessoas de diversos lugares do Brasil e a Fundação Pedro Calmon (FPC), este ano, está participando da realização, contribuindo com debates, oficinas, jogos educativos, mostras de vídeos e apresentações. O projeto que vai propor discussões, durante quatro dias, sobre a integração das juventudes com o universo dos livros, irá destacar as variadas maneiras de acessar e difundir o conhecimento em diferentes plataformas e linguagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog