sexta-feira, 18 de maio de 2018

Governo apresenta Centros Juvenis de Ciência e Cultura na Campus Party

Neste segundo dia da segunda edição da Campus Party na Bahia (CPBA2), realizada na Arena Fonte Nova, foi montado o espaço ‘Você conhece os Centros Juvenis de Ciência e Cultura?’, promovido pela Secretaria da Educação do Estado. Durante toda a tarde desta sexta-feira (18), o coordenador dos CJCC, Iuri Rubim, conversou com diversas pessoas que passavam na Arena da CPBA2 e bateu um papo sobre o trabalho realizado nestes centros.
Com a missão de ampliar a jornada escolar e diversificar o currículo dos estudantes do Ensino Médio da rede pública estadual, por meio de oficinas, cursos e atividades voltadas à arte, cultura, inovação e ciência, os CJCC são uma ferramenta de educação complementar, de forma lúdica, em ambientes interativos e atrativos. O coordenador dos CJCC explica que "se trata de educação complementar e o jovem frequenta o CJCC se quiser, matriculando-se em cursos ou desenvolvendo projetos na área de interesse dele". Iuri conta, ainda, que "a iniciativa já rendeu bons resultados, incluindo a participação de alunos do centro em eventos científicos no Brasil e até em outros países".
A metodologia envolve a combinação de atividades presenciais com ações semipresenciais e interação multimídia, potencializando a aprendizagem através de conteúdos educacionais de ponta, produzidos no Brasil e no mundo.
A estudante de Relações Internacionais Lizandra Oliveira garante que se na época em que cursou o Ensino Médio já existissem os Centros Juvenis de Ciência e Cultura seria uma frequentadora. "É uma oportunidade de agregar mais cultura e outras experiências que vão além do dia a dia da escola. Falta isso pra o jovem: a escolha. A gente tem um método de uma fórmula que achamos que deve ser aplicada a todos e, às vezes, deixamos de aproveitar oportunidades", avalia.
Além da capital, há centros em Vitória da Conquista, Senhor do Bonfim, Itabuna e Barreiras. Especialistas que atuam nessas unidades também farão palestras e workshops na CPBA2. "Nesse ano, estamos no processo de implantação de mais três centros, em Irecê, Feira de Santana e Jequié", contabiliza Iuri Rubim.

Estande próprio
Esta é a segunda vez que o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), apoia a realização da Campus Party e a participação se estende a inúmeras atrações nos diferentes espaços do evento, tido como a maior experiência tecnológica do mundo.
Além das palestras, o governo participa com um estande exclusivo, no espaço conhecido como Open Campus, que é aberto ao público. O Governo do Estado é parceiro, ainda, em espaços de outras entidades.
No estande, estão sendo realizados workshops, debates, palestras e jogos “a fim de popularizar discussões que estão acontecendo na parte fechada do evento", afirma o coordenador de Articulações Institucionais da Secti, Hans Hungar Neto. O profissional lista inclusão das mulheres na Tecnologia da Informação, tecnologias voltadas para a inserção social e energias renováveis entre os temas trazidos para o espaço.
Ainda no estande do Governo do Estado, está disponível o atendimento especializado do SAC Empresarial, uma estrutura voltada para abertura de empresas e apoio a microempreendedores individuais. "Essa é a primeira vez que estamos aqui, e veio a calhar, pois o evento está abrigando um fórum de startups e podemos ofertar nossa expertise e conhecimento sobre novos negócios", ressalta a coordenadora do SAC Empresarial, Ana Luísa Mascarenhas.

Campus Party Bahia 2018
São mais de 300 horas de conteúdo, na programação, destacando a robótica, games, produção sonora, ferramentas, aplicativos e software livres utilizados na Educação. Durante todo o evento, será oferecida internet de alta performance para os participantes.
Neste ano, a Campus Party conta com cinco mil barracas para os 'campuseiros', os participantes do evento que têm circulação por todos os espaços e que permanecem acampados na Arena Fonte Nova. A maior expectativa de público é para o Open Campus, que deve receber 90 mil pessoas até o próximo domingo (20).

Fotos: Elói Corrêa/GOVBA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog