domingo, 28 de fevereiro de 2021

Policiais civis da Regional de Confresa recebem novas pistolas Glock 19

A Polícia Civil realizou na noite de sexta-feira (26.02) a entrega das novas pistolas Glock 19 a todos os policiais civis que atuam nas unidades da Delegacia Regional de Confresa (1.160 km a nordeste da capital). A solenidade foi realizada no Estádio Camilão, em Confresa, onde autoridades locais participaram do momento tão esperado e importante para a Polícia Civil de Mato Grosso, em razão de ser a primeira região a receber o armamento distribuído pela instituição. As novas armas de calibre 9 milímetros fazem parte da primeira etapa do arsenal da Polícia Civil, que está sendo substituído pelo Governo do Estado. As pistolas foram adquiridas pela Secretaria de Segurança Pública (Sesp) com a empresa austríaca, fabricante do armamento. A aquisição faz parte do programa “Tolerância Zero”, da Sesp, que definiu uma série de medidas de enfrentamento à criminalidade e reforço das ações da segurança pública, com o endurecimento do Estado no combate ao crime organizado, estabelecendo novos padrões de reaparelhamento das forças policiais. O programa integra o Mais MT, do Governo do Estado, que estabelece recursos na ordem de R$9,5 milhões em investimentos públicos até 2020, divididos em doze grandes eixos estruturantes da administração pública. Na solenidade, o delegado-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval, falou sobre o critério utilizado pela diretoria para iniciar a distribuição das Glocks, decisão tomada após um estudo nas regionais mais distantes, que possuem zona rural extensa e policiais que acabam trabalhando em locais inóspitos. A ideia é prestigiar unidades mais distantes,

Policiais militares auxiliam em parto e amparam bebê recém-nascido em Santa Rita

Um bebê veio ao mundo com o auxílio de policiais militares da Força Tática da 4ª Companhia Independente, na região metropolitana de João Pessoa. O nascimento, que emocionou todos os integrantes da guarnição, aconteceu em Santa Rita, no início da tarde deste sábado (27), em frente a 6ª Delegacia Distrital. Uma família estava em um carro, em busca de ajuda médica para realizarem o parto normal da mãe, quando se deparou com a PM. Os policiais estavam em outra ocorrência na delegacia, mas imediatamente ao perceberem o desespero da família, ajudaram a mãe e ampararam o bebê que já estava nascendo dentro do veículo (foto abaixo). “Nunca passei por esse tipo de ocorrência, mas fiquei muito emocionado por colaborar com o nascimento do bebê, e saber que ao final de tudo, a mãe e o recém-nascido estão bem e saudáveis”, disse o soldado N. Costa, que ajudou no parto (na foto acima). Mesmo tendo sido tudo muito rápido, os policiais auxiliaram no trabalho de parto, acalmaram a família e deram as ‘boas-vindas’ ao bebê, que é um menino. Em seguida, mãe e filho – que ainda não tem nome – foram para o hospital da cidade, onde receberam atendimento médico e passam bem. A família, que é de Santa Rita, também se emocionou durante o nascimento e agradeceu o trabalho dos policiais militares.

Operação prende dois por furto de energia em Correnteza, zona rural de Sobradinho

Três pessoas foram presas no povoado Correnteza, zona rural de Sobradinho, durante a Operação Força do Rio, deflagrada, na sexta-feira (26), pela 17a Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Juazeiro), para verificar denúncias de furto de energia e de que imóveis na região vinham servindo como esconderijo para criminosos. Durante a ação, que contou com o apoio de prepostos da Coelba, a polícia identificou ligações clandestinas, em residências e na irrigação de diversas plantações. Duas pessoas foram conduzidas à Delegacia Territorial (DT) de Sobradinho, pelo furto de energia. Na casa de uma delas, os policiais encontraram ainda um revólver calibre 38, municiado. Outras buscas foram realizadas nas propriedades vizinhas, sendo localizado numa delas um homem que estava com mandado em aberto por tráfico. Ele também acabou preso. A Operação Força do Rio também contou com apoio de peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Bolsonaro acusa Dallagnol e Lava Jato de perseguirem sua família

247 - Jair Bolsonaro utilizou o Twitter nesta sexta-feira (26) para aproveitar o desgaste da Lava Jato e acusar o ex-chefe da operação Deltan Dallagnol e demais procuradores de perseguirem sua família. Em um texto confuso, se referindo às mensagens trocadas entre membros da força-tarefa e apreendidas pela Operação Spoofing, Bolsonaro diz que a suposta perseguição contra sua família está presente em diversos trechos dos diálogos. Ainda de acordo com o chefe do governo federal, a Lava Jato tentou "cooptar o entorno do Presidente da República para a escolha do PGR (procurador-geral da República) em 2019".  Site bolsonarista divulgou nesta sexta-feira supostos trechos de conversas entre procuradores da Lava Jato. Segundo as conversas publicadas, Dallagnol, Roberson Pozzobon e Jerusa Viecili riem sobre quem seria o autor dos vazamentos de dados do sigilo bancário de Flávio Bolsonaro. "Identificamos a fonte do vazamento dos dados da família Bolsonaro!! O COAF e MP juntos!", teria escrito Dallagnol em 22 de janeiro de 2019. Pozzobon e Jerusa gargalham: "Hahahaha" e "Kkkkkk"...Para Bolsonaro, Dallagnol alega que tudo não passou de uma brincadeira com o objetivo de "fugir de sua responsabilidade". "Os diálogos do vazamento da família ocorreu em 2019, onde Bolsonaro já era Presidente da República. Isso é crime!", protesta.

Embrapa lança livro sobre gestão da água para indústrias de processamento de pescado

A Embrapa Pesca e Aquicultura (Palmas-TO) acaba de lançar o livro “Manual para gestão da água e de resíduos do processamento de peixes”, destinado a indústrias de processamento de pescado. A obra apresenta um roteiro de ações adaptáveis a indústrias de beneficiamento de peixes de diferentes portes, com foco em redução do uso de água e aproveitamento de resíduos agroindustriais, além do tratamento e reúso de efluentes – questões fundamentais para a gestão das indústrias. A publicação é gratuita, com download disponível aqui. As orientações contidas no manual estão alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), ratificados em 2015, durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável. Segundo a pesquisadora da Embrapa Pesca e Aquicultura Viviane Rodrigues Verdolin dos Santos, a ideia para a elaboração do livro surgiu a partir dos resultados obtidos em uma pesquisa coordenada pela Unidade, na qual houve redução de até 30% na utilização de água e geração de efluentes pelas indústrias de pescado. “A partir daí vimos que o modelo que desenvolvemos poderia ser aplicado em outras indústrias e resolvemos elaborar o manual com o passo a passo, orientando aqueles que buscam alternativas para a redução no uso de água, aproveitamento de resíduos e tratamento e reúso de efluentes”, afirma. A pesquisa ganha importância especial se considerarmos que as indústrias de alimentos são grandes consumidoras de água e geradoras de resíduos orgânicos. E entre os setores de processamento de carnes, a agroindústria de pescado é a que apresenta as maiores taxas de expansão global. Além disso, diversas regiões no planeta têm sofrido com a escassez de água e com a contaminação química e orgânica dos corpos hídricos, em razão do descarte incorreto de resíduos e efluentes gerados nas indústrias. “Vale ressaltar que o manual se destina às indústrias de beneficiamento de peixes de diferentes portes e que processam diferentes espécies, uma vez que as ações para a implementação da gestão hídrica e de resíduos podem ser facilmente adaptadas às diferentes realidades de cada indústria”, destaca a pesquisadora. Ela faz parte de um grupo multidisciplinar de 19 autores, de diferentes centros de pesquisa da Embrapa, universidades e outras instituições parceiras. O trabalho contou com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa); Fundo Setorial de Recursos Hídricos (CTHidro), do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT); Fundo Amazônia (gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Além desses órgãos, a obra contou com a participação de equipes multidisciplinares de diversas instituições de pesquisa e extensão (Embrapa Suínos e Aves, Embrapa Agroindústria de Alimentos, Embrapa Agroindústria Tropical, Embrapa Agropecuária Oeste, Secretaria de Inovação e Negócios, Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro), instituições de ensino (Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal Fluminense, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Universidade Federal do Tocantins, Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano de Porto Nacional -TO, assim como de empresas do setor (Frigorífico Piracema Ltda – Almas -TO, Aliança do Tocantins Indústria Pesqueira Ltda – Aliança do Tocantins - TO, Geneseas Aquacultura Ltda. – Promissão -SP, Gomes da Costa Alimentos S.A. – Itajaí -SC, Frigorífico Jahú Ltda - Duque de Caxias – RJ).

Fazenda Independência: Estrada do Chocolate ganha mais um atrativo

Com 80 hectares de reserva legal preservados e inúmeras belezas naturais no município de Uruçuca, a Fazenda Independência acaba de abrir as portas para visitantes que desejam um turismo seguro ao ar livre. Uma breve caminhada por uma trilha na cabruca (plantação de cacau) permite ao turista contemplar gigantescos exemplares de árvores centenárias da Mata Atlântica como o jequitibá e o jacarandá. A visita guiada culmina na degustação do cacau e outras frutas da estação colhidos na hora em um espaço confortável montado em meio à plantação. Enquanto isso, o guia explica todo o processo de plantio do cacau até a secagem das amêndoas nas chamadas barcaças, de onde saem prontas para serem moídas e transformadas em chocolate. Destaque exclusivo da Fazenda Independência é o brunch servido na ampla varanda do casarão, onde os visitantes têm a experiência de apreciar iguarias regionais preparadas na fazenda e com ingredientes locais. Entre as opções do menu acompanhadas de sucos e café passado na hora, estão bolo de milho, quiche de palmito, mungunzá, pães, alguns derivados do cacau como geleia e mel e ainda o famoso chimango da vovó Juldy. “O chimango é uma receita de família passada de geração em geração e tem um enorme valor sentimental”, conta a empresária Kátia Bacelar, administradora da propriedade. Segundo Kátia, com o brunch farto servido por volta das 11h, o turista pode dispensar o almoço no dia da visita. O passeio tem ao todo duas horas e meia de duração e custa R$ 70 por pessoa. A Fazenda Independência também se revela um cenário perfeito para casamentos no campo com espaços para recepções que podem ir do simples ao glamouroso. Como medidas de prevenção à Covid-19, todos os funcionários fazem uso de máscara e álcool gel e mantêm o distanciamento mínimo exigido pelas autoridades sanitárias. A fazenda conta ainda com uma loja de chocolates e outros derivados do cacau, souvenirs e guloseimas da fazenda, como o chimango da vovó.
Instagram: @fazendaindependencia.ba

Polícia Militar prende acusado de roubo, que estava com drogas em João Pessoa

A Polícia Militar prendeu um homem que estava sendo procurado pelo crime de roubo e que estaria traficando drogas, no bairro do Jardim Veneza, zona sul de João Pessoa. A ação da PM aconteceu no início da tarde desta quinta-feira (25). O acusado, de 29 anos de idade, foi preso pelos policiais do Batalhão Especializado em Policiamento com Motocicletas (BEPMotos) que faziam incursões em áreas de difícil acesso, durante ações preventivas. Eles flagraram o homem com 20 porções de entorpecentes, entre crack e maconha, além de dinheiro. Durante a consulta do seu nome, foi verificado que contra ele havia um mandado de prisão em aberto, expedido pela 7ª Vara Criminal de João Pessoa, pelo crime de roubo. O acusado foi preso, as drogas apreendidas, e toda a ocorrência foi encaminhada para a Central de Flagrantes para os procedimentos cabíveis.

Arquivo do blog